Portugol

\section{O que é Portugol Studio}

O Portugol Studio é um ambiente de desenvolvimento criado pelo Laboratório de Inovação Tecnológica na Educação da Univali (Universidade do Vale do Itajaí) que utiliza uma linguagem que chamaram de Portugol 2.0, pois este é mais próximo a linguagens como C e Java, diferente do Portugol Clássico que se assemelha mais ao Pascal. Assim, tem como foco ser mais simples e didático. Dessa forma, o Portugol 2.0 é mais interessante para quem vai aprender C ou Java no futuro. A versão atual do ambiente é a 2.7.4.

\paragraph*{\textbf{Por quê utilizar o Portugol Studio}}

Por conta de seu foco didático, é uma boa ferramenta para o ensino de disciplinas introdutórias à programação.

\paragraph*{\textbf{Onde podemos utilizar o Portugol Studio}}

É possível criar diversos programas no Portugol Studio, até mesmo jogos, contudo o ideal é seu uso para melhorar a parte didática.

\paragraph*{\textbf{Onde NÃO vamos utilizar o Portugol Studio}}

Não utilizaremos para programas comerciais e jogos ou animações que necessitam de bibliotecas muito específicas, pois tem seu apelo didático.

\paragraph*{\textbf{Quais problemas o Portugol Studio resolve}}

A dificuldade no ensino de programação, como o domínio das palavras reservadas em outro idioma (inglês) e a interface não muito intuitiva das IDE (Ambiente Integral de Desenvolvimento, do inglês \textit{Integrated Development Environment}).

\section{O que é a Linguagem C}

A linguagem C é uma das linguagens mais tradicionais e antigas da computação, esta linguagem nasceu no início da decada de 60. Ela serviu de base ou inspiração para diversas outras linguagens, como o PHP, que tem diversas funções idênticas.

Esta linguagem é imperativa, procedural, estruturada, não permitindo o uso do paradigma Orientado a Objetos nem Funcional, sendo necessário o uso da linguagem C++ para tais paradigmas.

\paragraph*{\textbf{Por quê utilizar a Linguagem C}}

Devemos utilizar o C por vários motivos, dentre eles destaco:

\begin{inlinelist}

\item Não tem um nível de abstração muito grande, ajudando o aluno a entender detalhes mais minuciosos da programação e de como pensar a programação. Este ponto pode ser visto como algo ruim, pois dificulta no início;

\item É muito utilizada no ensino de diversas disciplinas de programação em todas universidades e instituições de ensino de forma geral; e

\item Muito utilizada em sistemas embarcados, muito útil para automação industrial, residencial, IoT (Internet Of Things) e outras.

\end{inlinelist}

\paragraph*{\textbf{Onde podemos utilizar a Linguagem C}}

No desenvolvimento de aplicações \textit{desktop} para os sistemas operacionais mais comuns, em sistemas embarcados, como no Arduino (que utiliza a 'linguagem' \textit{Wiring}, baseada na linguagem C ) e ESP32/ESP8266.

\paragraph*{\textbf{Onde NÃO vamos utilizar a Linguagem C}}

É possível utilizar a linguagem C em praticamente qualquer ambiente, contudo, não é utilizado em sistemas Web e, atualmente, não recomendo o uso para criação de aplicações \textit{desktop}. Assim, recomendo seu uso restrito ao ensino e à sistemas embarcados.

\paragraph*{\textbf{Quais problemas a Linguagem C resolve}}

A linguagem resolve diversos problemas, mas prefiro dizer que o maior problema é o ensino de programação com uma linguagem comercial e o desenvolvimento de sistemas embarcados.